Logo sem fundo

CBMSC apresenta relatório de atendimentos prestados

Relatório de Atendimentos do CBMSC

Desde a madrugada desta quinta-feira (11/01) o Corpo de Bombeiros Militar está com equipes em alerta e prontidão nas regiões de Santa Catarina mais atingidas pelas chuvas de verão dos últimos dias. Uma sala de situação foi montada na sede do 1° Batalhão de Bombeiros Militar, responsável pelo atendimento das ocorrências na Capital, que até o momento, é a cidade mais atingida.

Vítimas das chuvas

Até o momento, duas pessoas morreram e duas continuam desaparecidas.

Duas viaturas do Corpo de Bombeiros realizam buscas na tarde desta quinta-feira no bairro do Itacorubi em Florianópolis. Populares avistaram um homem, de 36 anos, caindo num córrego no morro do Quilombo e sendo arrastado pela água. O fato aconteceu por volta das 5h da manhã de hoje.

Outro desaparecido foi registrado em Balneário Camboriú. Nesta tarde, os Bombeiros concentraram os trabalhos na procura pelo corpo de um haitiano que caiu dentro de uma tubulação que desemboca na praia Brava em Itajaí. O homem de 34 anos era caseiro de uma residência e teria tentado desobstruir uma tubulação fluvial, quando acabou caindo e sendo arrastado pela correnteza.

As vítimas fatais confirmadas foram em Florianópolis e São João Batista.

Na tarde desta quarta-feira, 12/01, uma menina de 8 anos brincava na garagem de casa, em São João Batista, quando uma árvore caiu sobre o local. Ela chegou a ser socorrida, mas não resistiu. A irmã dela de 13 anos teve ferimentos leves, foi encaminhada ao hospital e liberada em seguida.

Outro óbito foi registrado na Capital. Foi no bairro Itacorubi. Um homem de 59 anos tentava limpar uma boca-de-lobo. Segundo populares, ele teria caído e batido com a cabeça. Quando as equipes do Corpo de Bombeiros e do Samu chegaram ao local, o homem estava em parada cardiorrespiratória. Apesar dos procedimentos médicos e das manobras de reanimação, ele não resistiu.

 

(créditos da imagem: 13° BBM)

  

Florianópolis:

Na tarde desta quinta-feira, algumas ruas e acessos para o Norte da ilha ainda estavam interditados por causa da água. Na Avenida das Rendeiras, região turística da Lagoa da Conceição a água invadiu a pista e alagou casas e restaurantes. Nos bairros Ratones e Rio Tavares os acessos também foram prejudicados por conta do alagamento das ruas. As pessoas estão sendo orientadas a somente saírem de casa em extrema necessidade e se o local estiver dentro de cotas alagáveis.

Os trabalhos do Corpo de Bombeiros, nas últimas horas, se concentram principalmente na retirada de pessoas de áreas de risco e alagadas e na desobstrução de ruas e acessos realizando cortes de árvores.

 

Veja o total de atendimentos prestados pelos Bombeiros nas últimas horas na Capital.

 

   

Continente

Centro

Norte

Leste

Sul

Alagamentos

17

0

9

4

2

2

Desmoronamento/deslizamento

16

1

4

4

3

4

Queda de árvore

14

3

4

2

3

2

Incêndio

2

0

0

1

1

0

APH

18

6

1

6

2

3

Outros

6

2

1

2

1

0

Total

73

12

19

19

12

11

 

 

(créditos da imagem: 1° BBM)

 

Litoral Norte, cidade atendidas pelo 13° Batalhão de Bombeiros, em Balneário Camboriú

No litoral Norte do estado, as cidades mais atingidas foram: Porto Belo, Balneário Camboriú, Camboriú e Itapema. O acesso entre os municípios de Porto Belo e Bombinhas também ficou parcialmente comprometido por conta da queda de uma barreira no local. Máquinas da Prefeitura desobstruíram o acesso, mas há ainda muita lama.

O pico das ocorrências atendidas pelos Bombeiros na região aconteceu entre meio dia e 2 horas da manhã de hoje, quinta-feira (11/01).

Em Balneário Camboriú foram registradas 14 ocorrências de alagamentos (pessoas ilhadas) e um deslizamento de terra.

Em Porto Belo, um abrigo municipal foi montado para receber as pessoas que foram tiradas de suas residências por estarem em áreas de risco. Cerca de 200 pessoas foram orientadas a deixarem suas casas. Os bombeiros ainda registraram outras 25 ocorrências de pessoas que estavam ilhadas.

Em Camboriú, foram quatro pontos de deslizamentos. E duas ajudas prestadas a pessoas ilhadas.

Em Itapema, uma cobra foi resgatada pois ameaçava entrar numa residência. Os bombeiros também atenderam uma vítima de parada cardiorrespiratória.

No 13° Batalhão, que atende a região dessas cidades, foram atendidas 48 ocorrências, entre 8h e 12h desta quinta-feira.

As equipes continuam atuando e estão de prontidão caso a situação persista ou seja agravada no estado. Os atendimentos acontecem de maneira integrada com a Defesa Civil do estado e dos municípios e outros órgãos de segurança.

 

Texto: Krislei Oechsler- Jornalista- CCS-CBMSC

Informações: Corpo de Bombeiros Militar- 1° e 13° BBM. 

 

CBMSC
marca governo
emergencia193 2
CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DE SANTA CATARINA
VIDA ALHEIA E RIQUEZAS SALVAR!
Quartel do Comando-Geral
Rua Almirante Lamego, 381, Centro
Florianópolis - SC | CEP: 88015-600 | (48) 3251-9600