PESQUISAR

Blog de Notícias

3 minutos para leitura (651 palavras)

ITAJAÍ FINALIZA SEGUNDA TURMA DO CURSO DE CONTENÇÃO FÍSICA TERAPÊUTICA DE PACIENTES EM SURTO

Bombeiros militares do 7º Batalhão de Bombeiros Militar (7º BBM), com sede em Itajaí, participam de segunda turma no curso de contenção física terapêutica de pacientes em surto.

O curso visa ensinar a contenção física terapêutica de pacientes em surto, aplicando técnicas de forma humanizada e segura para o paciente e para a equipe. O método Health Security foi desenvolvido pelo Sensei Antonio Marcos Tavares Junior, a partir da parceria com o Hospital Regional Hans Dieter Schmidt. 



O subtenente Sérgio José Bagattoli, chefe de socorro de Itajaí e aluno do curso, relatou sobre a importância desse curso: indicou que é rotineiro o atendimento de ocorrências em que os bombeiros se deparam com pessoas agressivas. Segundo ele, essas ocorrências são muito complicadas e nessas situações os profissionais encontram muita dificuldade, casos em que é necessário conter esses pacientes. Relatou ainda que a equipe deve estar preparada e em muitos casos não há nem tempo da equipe reagir, pois os pacientes podem ser violentos e já ocorreram situações nas quais os socorristas foram agredidos. 



O professor, Antonio Marcos Tavares Junior, relatou que esse curso surgiu após verificar a necessidade que os bombeiros e os demais profissionais da saúde tinham no atendimento de pacientes em surto. Segundo ele, diferentemente da Polícia Militar, os profissionais da saúde não estão lidando com uma pessoa à margem da lei, mas sim uma vítima precisando de socorro. Uma pessoa em surto pode estar fora da realidade e assim põe em risco a sua integridade física e a das demais pessoas à sua volta. Por essa razão as técnicas aplicadas nessa situação são diferenciadas com o objetivo de resguardar a integridade física da equipe e do próprio paciente. O professor ainda destacou que a contenção sempre deve ser o último recurso, sendo usada apenas quando o paciente expõe risco à equipe ou a outras pessoas ou quando se esgotou o "manejo verbal". 



O tenente Jean Abilio Silva, chefe do serviço de psicologia da Diretoria e Promoção Social da corporação e abordador técnico de tentativas de suicídios, comparou o atendimento de emergências de pessoas em surto e de tentativa de suicídio, sendo que, cada uma tem suas particularidade, porém em ambas a vítima pode oferecer risco à equipe. Também, em analogia às vítimas de tentativa de suicídio, na abordagem a vítimas de surto, o "manejo verbal" como citou o professor, é fundamental e deve ser a opção principal para solucionar a ocorrência. Por fim, ele indicou que ficou admirado com a técnica e como ela é eficiente para conter o paciente, promovendo maior segurança às equipes e ao próprio paciente no atendimento dessas emergências.


Segundo a major Priscila Casagrande, comandante interina do 7º BBM, o curso atingiu seu objetivo principal: o de resguardar a integridade física dos profissionais e das vítimas atendidas. A comandante ficou muito feliz ao ver que todos aproveitaram e se comprometeram com os ensinamentos repassados pelo Sensei. Na função de comando confessou que era uma preocupação muito grande saber que os bombeiros lidam diariamente com situações complicadas no atendimento de emergências, mas agora após o curso, está mais tranquila, pois o curso proporcionou técnica e capacitou os socorristas para conter de forma segura uma pessoa que venha agredir a equipe.



Foram realizados dois cursos em Itajaí, sendo o primeiro nos dias 15 e 16 de agosto e o segundo nos dias 29 e 30, contemplando assim os bombeiros militares do efetivo operacional. 


Créditos:
Texto: estagiária Maeury Victoria Pleposki
Imagens: Divulgação CBMSC/Itajaí
Assessoria de Imprensa CBMSC: (48) 98843-4427
Centro de Comunicação Social
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina

Posts Relacionados

emergencia193
QUARTEL DO COMANDO-GERAL
Rua Almirante Lamego, 381, Centro, Florianópolis - SC | CEP: 88015-600

Desenvolvimento: DiTI-DLF | Gestão de Conteúdo: CCS | Tecnologia Open-Source
emergencia193