PESQUISAR

NÚMEROS DE EMERGÊNCIA

Apesar desses pequenos números serem padronizados para todo o país, é fácil se confundir entre eles ou não saber qual das instituições deve ser solicitada. Assim, é importante rever essas informações, pois, quando um acidente acontece, cada segundo conta. Por isso, saber de cor os principais números de emergência é vital. Confira-os na imagem abaixo:

numerosemergencia

Você também pode fazer o download da imagem clicando aqui

Imprimir e deixar em algum lugar de fácil acesso é uma dica; principalmente se há idosos ou crianças na casa.

Outra dica é incluir esses números nos contatos do seu celular, caso você tenha dificuldade em memorizá-los.

 

Outros números

Polícia Rodoviária Federal: 191

Central de Atendimento à Mulher: 180

Disque Direitos Humanos: 100

Disque Racismo: 156

 

Violência contra animais

Polícia Militar Ambiental: (48) 3269-7111

Ibama: (48) 3224-6077

 

Para prevenção ao suicídio

CVV (Centro de Valorização da Vida): 188

ou pelo site: https://www.cvv.org.br/

 

Quando ligar para os bombeiros e quando ligar para o SAMU?

Esta é uma dúvida comum, pois ambas as intuições possuem ambulâncias. Resumidamente, casos clínicos (como infarto ou AVC) devem ser repassados para o SAMU e casos gerados por traumas (como agressões ou quedas) ou que necessitem de resgate/salvamento para os bombeiros. Todavia, na ausência ou indisponibilidade do SAMU, o Corpo de Bombeiros deverá ser acionado.

Além disso, como você deve saber, o Corpo de Bombeiros de Santa Catarina também possui caminhões de incêndio/resgate, embarcações, helicópteros etc. Assim, são inúmeros os casos em que podemos ser acionados; confira abaixo:

  • Incêndios
  • Acidentes com trauma (acidentes de trânsito, agressões, ferimentos por armas, quedas, queimaduras, etc)
  • Choques elétricos
  • Engasgamento
  • Pessoas inconscientes
  • Pessoas perdidas na mata
  • Salvamento aquático
  • Desabamentos e deslizamentos
  • Enchentes, inundações e enxurradas
  • Captura de animais agressivos/silvestres
  • Acidentes com produtos perigosos
  • Vazamentos de gás
  • Resgate em altura ou em espaço confinado

 

Como devo proceder no momento da ligação?

Em caso de emergência, pode ser difícil, mas tente manter a calma e responder todas as perguntas do atendente.

Se possível, organize previamente as respostas das seguintes perguntas:

  • O que aconteceu?
  • Qual numero, rua, bairro e ponto de referência?
  • Quantas vítimas?
  • Há outros riscos?
  • Qual a situação no local?

 

Acionando mais de uma instituição

Saiba que, em muitos casos, pode ser necessário ligar para mais de uma instituição, por exemplo: 

  • Em acidentes de trânsito com vítimas deve-se ligar para o Corpo de Bombeiros e para o policiamento que faz a segurança da via (PM, PRE ou PRF). O que não exclui a necessidade de fazer o B.O com a Polícia Civil em seguida.
  • Em casos envolvendo risco de desabamento e risco à vida, saia do local de risco, se possível, e ligue para o Corpo de Bombeiros e Defesa Civil.
  • Em casos de incêndio próximo a rede elétrica, deve-se ligar para o Corpo de Bombeiros e, após, para a companhia de luz de sua cidade.

 

Trote

O trote prejudica diretamente o atendimento de situações reais de socorro e, ainda hoje, o Corpo de Bombeiros sofre com tal prática.

Se isso não é suficiente para o impedir de cometer esse crime; saiba que, segundo a Lei 2848 de 1940 - Art 266 do Código Penal, a prática de trote (interromper, impedir, dificultar ou perturbar o serviço telefônico de emergência) gera uma pena de detenção de um a três anos e multa.

Caso tenha filhos, conscientize-os!

 

Evite usar o número de emergência quando não for emergência

Para evitar que atendimentos que necessitam urgência sejam retardados por ligações casuais, pedimos que, caso não se trate de uma situação emergencial, o cidadão entre em contato com os bombeiros através do telefone do quartel mais próximo. Você pode encontrá-lo em nosso site.

 

Gostou dessas dicas? Compartilhe com seus amigos e siga-nos nas redes sociais.

QUARTEL DO COMANDO-GERAL
Rua Almirante Lamego, 381, Centro, Florianópolis - SC | CEP: 88015-600

Desenvolvimento: DiTI-DLF | Gestão de Conteúdo: CCS | Tecnologia Open-Source
emergencia193