PESQUISAR

Nova aeronave Arcanjo-06 viabiliza transporte aeromédico de paciente com problemas cardiovasculares

 

O Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC), por meio do Batalhão de Operações Aéreas (BOA), em parceria com o Grupo de Resposta Aérea de Urgência (GRAU) do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), realizou neste sexta-feira, 20, o transporte de paciente da cidade de Curitibanos para Florianópolis, com o avião Arcanjo-06, um King Air C90.

 

2308 Boa

 

A utilização da nova aeronave, a qual encontra-se em operação há cerca de 15 dias, foi fator determinante para a viabilidade do transporte de um masculino de 48 anos de idade com problemas cardiovasculares. Isso se deve pelo fato de o paciente apresentar uma doença grave chamada “Dissecção de Aorta”. Tal enfermidade fragiliza o sistema cardiocirculatório, principalmente a artéria aorta, a qual é a mais calibrosa do corpo humano, deixando-o vulnerável. Grandes esforços, viagens terrestres prolongadas e variações de pressão atmosférica, por exemplo, podem levar o paciente a óbito com bastante facilidade.

 

2308 Boa 1

 

O diferencial do avião Arcanjo-06 é o que chamamos de “pressurização”. Esta característica consegue, mesmo a grandes altitudes, manter a pressão interna da aeronave maior que a pressão externa ou em níveis aceitáveis para o ser humano, minimizando assim a sobrecarga sobre o organismo do paciente. Caso não houvesse avião com a chamada cabine pressurizada, não seria possível realizar este voo de translado para a cidade de Florianópolis, ficando o paciente sem o tratamento adequado.

 

2308 Boa 2

 

Além disso, o transporte aéreo representa importante meio de auxílio nos transportes inter-hospitalares. Por meio dele é viável percorrer grandes distâncias em um espaço de tempo muito menor, em comparação com outros meios. Caso o transporte em questão fosse realizado por via terrestre, ele duraria em torno de 4 horas, o que também tornaria o translado inviável. Por sua vez, o voo de hoje entre as cidades de Curitibanos e Florianópolis durou aproximadamente 30 minutos, percorrendo em torno de 206 quilômetros (aproximadamente 112 milhas náuticas).

 

Créditos:
Texto: B5 do BOA
Imagens: Divulgação CBMSC/BOA
Assessoria de Imprensa CBMSC: (48) 98843-4427
Centro de Comunicação Social
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina

emergencia193
QUARTEL DO COMANDO-GERAL
Rua Almirante Lamego, 381, Centro, Florianópolis - SC | CEP: 88015-600

Desenvolvimento: DiTI-DLF | Gestão de Conteúdo: CCS | Tecnologia Open-Source
emergencia193