PESQUISAR

Notícias Operacionais 0

O Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) segue com a missão de resposta à enxurrada, no Alto Vale do Itajaí. A partir de hoje, 22, duas turmas de alunos do Curso de Formação de Sargentos irão para a cidade de Presidente Getúlio, para contribuir com as buscas. Ou seja, serão 56 bombeiros militares a mais, que partirão do Centro de Ensino Bombeiro Militar (CEBM), em Florianópolis. A primeira turma, com 28 bombeiros militares retornará no dia 24 e a segunda entre os dias 25 e 27.

2212 presidentegetulio2

Até o momento, cerca de 50 bombeiros militares já estão envolvidos na operação, que conta com apoio de diversos Batalhões de Bombeiro Militar do estado. Todos os cinotécnicos - bombeiros militares formados no curso para atuação com cães, além das equipes de salvamento em áreas deslizadas, que foram empregados nesta missão, possuem experiência de trabalho em Brumadinho, o que auxilia na busca por vítimas.

2212 presidente getúlio

Emprego do CBMSC na operação até o momento

Desde a última semana foram enviados ao local:
- 03 equipes de Forças-Tarefa do CBMSC: a 15, de Rio do Sul, a 03, de Blumenau e a 02 de Curitibanos;
- Helicóptero Arcanjo 03, do Batalhão de Operações Aéreas;
- Batalhão de Ajuda Humanitária;
- 02 caminhões, das cidades de Tubarão e Itajaí, com capacidade de cerca de 30 mil litros de água, para limpeza do local;
- 02 mini escavadeiras, das cidades de Xanxerê e Tijucas, para desobstrução de vias;
- 05 binômios (bombeiro militar + cão de busca), das cidades de Blumenau, Brusque, São José, Xanxerê e Chapecó. Além disso, mais 02 cinotécnicos também estão no local, para suporte. O Soldado Josclei Tracz, condutor do cão Iron é veterinário e poderá auxiliar os animais caso seja necessário.

Entenda o que são equipes de Força-Tarefa: http://bit.ly/Forcastarefasc

2212 presidentegetulio

Créditos:
Texto: Melina Cauduro
Imagens: Divulgação/CBMSC
Assessoria de Imprensa CBMSC: (48) 9 8843-4427
Centro de Comunicação Social
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina

No último sábado, 19, o tenente Gustavo Cardoso, que atua no 7º Batalhão de Bombeiros Militar, com sede em Itajaí, mas que no momento está de licença especial, se prontificou a ir até a cidade de Presidente Getúlio, no Alto Vale do Itajaí, para trabalhar como intérprete.

2212 pg


O tenente Cardoso, que fala francês, auxiliou a Secretaria Municipal de Assistência Social do Município, já que no local possuem haitianos e venezuelanos, com dificuldade para falar português. Ele ficou das 8h às 17h, para cadastrar as pessoas desalojadas e desabrigadas. Este cadastro garante que a população possa receber os auxílios de colchões, cestas básicas, kit de higiene e roupas. O tenente Cardoso atuou na comunicação, permitindo o acesso dos haitianos que moram na região ao cadastro.

2212 tenente cardoso

“O francês é um idioma próximo ao crioulo, língua falada pelos haitianos, com isso o meu trabalho era auxiliar nessa comunicação, traduzindo as informações deles e repassando as orientações da prefeitura para as pessoas. Eu conversava com cada um para saber como foram atingidos e entender as necessidades. Cada pessoa era responsável pelo cadastro de toda a família, ou seja, normalmente acrescentando mais sete ou oito integrantes. No final do dia eu conversei com cerca de 60 pessoas, mas o cadastro passou de 300”, explica o tenente Cardoso.

Créditos:
Texto: Melina Cauduro
Imagens: Divulgação/CBMSC
Assessoria de Imprensa CBMSC: (48) 9 8843-4427
Centro de Comunicação Social
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina

A região do Alto Vale do Itajaí foi atingida por uma enxurrada na madrugada desta quinta-feira, 17. As cidades de Presidente Getúlio e Ibirama foram as mais atingidas, com desalojados, desaparecidos e mortos.

1712 pg

Já na madrugada, a equipe de Rio do Sul prestou os primeiros atendimentos em ocorrências no município e no início da manhã foram acionados reforços importantes do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) para a região de Presidente Getúlio, em apoio aos Bombeiros Voluntários.

1712 pg2

O Comandante-Geral do CBMSC, coronel Charles Alexandre Vieira, foi para o município e autorizou o deslocamento da Força-Tarefa 15, de Rio do Sul, bem como a Força-Tarefa 03, de Blumenau. Junto com estas equipes foram acionados dois binômios (bombeiro militar + cão de busca), o 3º sargento Jacques Romão e o cão Bravo, de Blumenau, além do cabo Carlos Alexandre de Souza e a cadela Zaara, de Brusque. Para completar a missão também foi deslocado o helicóptero Arcanjo 03, de Blumenau, para agilizar o deslocamento das equipes e a retirada de pessoas ilhadas.

1712 pg 5

Cerca de 30 bombeiros foram empenhados nesta missão, junto com dois integrantes da equipe aeromédica, com nove viaturas e a aeronave, além de toda a equipe de suporte envolvida, coordenada pelo Subcomandante-Geral, coronel Ricardo José Steil.

1712 pg 3

O helicóptero Arcanjo-03 realizou levantamento da área atingida e dimensionamento da cena. Também foi realizada a extração de vítimas isoladas em pontos críticos com alto risco de deslizamento.

1712 pg4

Os trabalhos do CBMSC na região continuarão enquanto forem necessários.

Créditos:
Texto: Melina Cauduro
Imagens: Divulgação/CBMSC
Assessoria de Imprensa CBMSC: (48) 9 8843-4427
Centro de Comunicação Social
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina

15122020

Cinco filhotes em treinamento para buscas estão perto de ficarem ativos junto com os sete cães de busca e resgate do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC). Na última semana, entre os dias 09 e 12, aconteceu a certificação na Floresta Nacional de Três Barras, organizada pelo 9º Batalhão de Bombeiros Militar, com sede em Canoinhas, que é responsável pela área.

 151220202

A prova, de nível nacional, foi realizada seguindo os protocolos sanitários indicados pela Secretaria de Estado da Saúde e todas as pessoas envolvidas na certificação realizaram teste para COVID-19 antes do deslocamento.

151220201

Para que um cão do CBMSC fique ativo, de acordo com a novo regulamento internacional, é preciso que os binômios – dupla entre bombeiro militar e cão – passem por três provas. A de nível V, que é para cães a partir de 15 meses, avalia as condições do animal durante a busca de uma vítima, além de passar por prova de obediência e destreza. Já a nível A tem duas buscas, uma noturna, uma diurna e ainda a prova de obediência e destreza, com um grau a mais de dificuldade, em relação a outra.

Cinco binômios estão aptos, aprovados no nível V, são eles:

- Cabo Matheus Premoli e cão Bono;

- Soldado David Canever e cadela Léia;

- Soldado Luciano Rangel e cão Orion;

- Soldado Guilherme Galli e cão Sasuke;

- Soldado Thiago Amorim e cadela Moana.

Os binômios: Cabo Alexandre de Souza e a cadela Zaara, Soldado Rangel e Orion; Soldado Galli e Sasuke e Soldado Amorim e Moana já estão aprovados também na busca diurna do nível A. O cão Bono, binômio do Cabo Premoli ainda não tem a idade necessária para a realização do nível A.

151220203

A arbitragem da prova foi realizada pelo Tenente-Coronel Walter Parizotto e o Capitão Alan Cielusinsky, ambos árbitros do Conselho Nacional de Busca, Resgate e Salvamento com Cães (CONABRESC). Além disso, participaram da logística do evento o Capitão Clemente Michels, o 1º Tenente Tiago Domingos e o apoio veterinário ficou por conta do Soldado Josclei Tracz.

151220204

A próxima certificação deve ocorrer no início de 2021 e, assim, todos os cães passarão pela prova de nível A para operacionalização.

Créditos:
Texto: Melina Cauduro
imagens: Soldado Eduardo De Souza
Assessoria de Imprensa CBMSC: (48) 9 8843-4427
Centro de Comunicação Social
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina

Foi atendido na tarde de terça-feira, 8, por volta das 17h uma ocorrência de soterramento no município de Galvão. Atuaram na ocorrência guarnições de são Lourenço do Oeste e de São domingos 2ª e 3ª Companhia do 14º Batalhão de Bombeiros Militar. 

14122020C

No local, um senhor de 68 anos de idade faleceu ao ser soterrado sob cerca de 4 metros cúbicos de terra e lama no momento que estava dentro de em uma vala de aproximadamente 8 metros de altura, feita em meio a lavoura de soja para captação de água. 

14122020C1

Os trabalhos para recuperação do corpo levaram mais de 4 horas e exigiram emprego de máquinas pesadas, técnicas de escoramento e escavação.

14122020C2

 

Créditos:
Texto: Capitão Alan Delei Cielusinsky
Imagens: Capitão Alan Delei Cielusinsky
Assessoria de Imprensa CBMSC: (48) 9 8843-4427
Centro de Comunicação Social
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina

No mês de novembro de 2020, em uma ação vinculada à Semana Latino Americana de prevenção ao afogamento, foram realizadas fiscalizações nos estabelecimentos que dispõe de área recreativa com opção aquática de lazer, como parques aquáticos, clubes, hotéis e pousadas, localizados nos municípios de atuação do 8º Batalhão de Bombeiros Militar (8ºBBM). A área de abrangência do batalhão compreende 21 cidades, dentre elas Tubarão, Imbituba, Garopaba, Laguna, Gravatal e Jaguaruna, cidades com ampla movimentação turística durante o período de verão.

071220201

Na ação, efetivada pelas equipes do Serviço de Segurança Contra Incêndio (SSCI), foram fiscalizados 123 estabelecimentos. O objetivo de tal operação consistiu em averiguar as condições de segurança das piscinas, notadamente no que se refere aos sistemas e medidas de segurança elencados na Instrução Normativa nº 33/CBMSC. Verificou-se que 69 estabelecimentos encontravam-se regularizados, em 54 edificações foi necessário lavrar o auto de fiscalização com concessão de prazo para correção das irregularidades e 10 estabelecimento encontravam-se fechados.

07122020

As fiscalizações fizeram parte da tríade de ações realizadas no 8ºBBM com objetivo de minimizar os riscos de afogamento na região. Cabe salientar que o território resguardado e atendido pelo 8º BBM concentra uma extensa rede hoteleira e de parques de águas termais, que recepciona grande público no período que se aproxima. O propósito das ações desenvolvidas pelo 8ºBBM segue o lema “prevenir é salvar”!

071220202

 

Créditos:
Texto: Capitão João Emiliano de Moura Silva Miranda
Imagens: Capitão João Emiliano de Moura Silva Miranda
Assessoria de Imprensa CBMSC: (48) 9 8843-4427
Centro de Comunicação Social
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina

O Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC), em Navegantes, mobilizou uma equipe para o atendimento de uma ocorrência complexa na tarde desta terça-feira, 1º, em Navegantes. O objetivo foi atender, na sede de um estaleiro, um trabalhador que havia se lesionado gravemente e fraturado a perna. Ao chegar ao local, a equipe identificou que tratava-se de um exercício simulado, parte do treinamento operacional dos bombeiros.

07122020

A intenção de fazer a atividade surpresa foi verificar o entrosamento e efetividade da equipe. E essa efetividade foi colocada em prática ao realizar o atendimento rápido do “trabalhador”. Trava-se de um boneco de cerca de 80kg, mas mesmo assim foram tomadas todas as precauções necessárias como se fosse uma vítima real. A fratura foi imobilizada e o boneco foi colocado em uma maca rígida. Em seguida, veio a maior dificuldade, transportar a vítima através de uma tirolesa até um local seguro, procedimento complexo que envolve uma diversidade de técnicas de salvamento em altura.

071220201

Ao final, a vítima foi salva com êxito, e a equipe celebrou o cumprimento da missão com eficiência. Treinamentos nesses estilos estão previstos para acontecer ao longo do mês para contemplar todo o efetivo bombeiro.

 

Créditos:
Texto: Capitão João Emiliano de Moura Silva Miranda
Imagens: Capitão João Emiliano de Moura Silva Miranda
Assessoria de Imprensa CBMSC: (48) 9 8843-4427
Centro de Comunicação Social
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina

No dia de ontem, 5, o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) teve seu primeiro dia na Operação Pantanal.

06102020

Os Bombeiros Militares de SC foram separados em três (3) equipes de Força-Tarefa (FT) destinados a dois (2) locais distintos.Uma equipe de FT permanecerá no local esta noite para monitorar a situação do incêndio florestal, por ainda haver focos remanescentes, contando com o apoio de máquinas para a confecção de aceiros. Outra FT já retornou a noite e amanhã segue para novo local.

061020201

Uma terceira FT embarca amanhã com a Marinha Brasileira e vai para a serra do amolar, aproximadamente 40 minutos de voo, sendo que há um incêndio grande no local, acompanhados de Bombeiros Militares do MS, que conhecem o local.

061020202

A experiência de hoje mostrou que uma das técnicas eficientes é a de "aceiros naturais", com uso de máquinas e melhoria destes aceiros, é possível isolar o incêndio em uma área específica, impedindo que ele avance para outros locais.

 

Créditos:
Assessoria de Imprensa CBMSC: (48) 9 8843-4427
Centro de Comunicação Social
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina

O Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) de Barra Velha, realizou na tarde desta terça-feira, 22, o resgate de um pescador que se sentiu mal em alto mar. A ocorrência foi gerada por volta das 12h30min quando o sargento Monteiro da Capitania dos Portos de Itajaí acionou a guarnição de salvamento aquático do CBMSC de Barra Velha.

240920203

O masculino idoso de 64 anos, que possui histórico de parada cardíaca com quatro cateterismos, veio a sentir-se mal na baleeira Dona Helena de Itapema. A embarcação, que havia saído na manhã do dia anterior foi localizada pela equipe de resgate do CBMSC cerca de duas milhas da costa, próximo a saída da barra do rio Itapocu, em Barra Velha.

240920204

Após abordagem em alto mar, o idoso recebeu todo o atendimento necessário para ser conduzido com segurança até a costa, onde uma segunda equipe esperava em prontidão no auto socorro de urgência, ambulância, para realizar o trasporte até o posto de atendimento 24h de Barra Velha. Já a embarcação, foi realizado o traslado e permaneceu na costa para demais providências.

240920205

 

Créditos:
Texto: Subtenente Evandro Ribeiro Rodrigues
Imagens: Subtenente Evandro Ribeiro Rodrigues
Assessoria de Imprensa CBMSC: (48) 9 8843-4427
Centro de Comunicação Social
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina

A coordenadoria de salvamento em altura do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) realizou, nos dias 16 e 17, uma análise de procedimentos operacionais na área de salvamento em altura com professores especialistas em atendimento segundo a National Fire Protection Association (NFPA), na cidade de Mafra-SC.

210920208

O encontro teve como objetivo principal apresentar para os bombeiros militares da coordenadoria os procedimentos que cumprem as exigências internacionais e adequá-los à realidade do nosso Estado. Cenários com queda de operário, enchentes, alagamentos, enxurradas, acidentes em silos, edificações, montanhas cavernas, cachoeiras, foram apresentados para que os bombeiros pudessem treinar uma resposta mais técnica e adequada à comunidade no caso de salvamento de vítimas.

 210920207

O CBMSC mantém-se em constante aperfeiçoamento

Essa troca de experiências ocorrida na cidade de Mafra foi dividida em instruções teóricas e práticas, ministradas pelos professores Jefferson Rank e Carlos Nataniel de Barros Heiler, profissionais treinados e preparados para dar atendimento às situações envolvendo diversos tipos de emergências.

210920209

Durante o treinamento, os bombeiros realizaram resgates simulados utilizando técnicas de salvamento a vítimas que caíram com automóvel em pontes, vítimas em andaime, presa em teleférico, presa em parapente, acidentes em torres, espaço confinado, ribanceiras, além de técnicas que podem ser utilizadas em situações de acidentes urbanos, industriais e rurais.

 

Créditos:
Texto: 3º sargento Felipe Lucena Bitencourt
Imagens: 3º sargento Felipe Lucena Bitencourt
Assessoria de Imprensa CBMSC: (48) 9 8843-4427
Centro de Comunicação Social
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina

emergencia193
QUARTEL DO COMANDO-GERAL
Rua Almirante Lamego, 381, Centro, Florianópolis - SC | CEP: 88015-600

Desenvolvimento: DiTI-DLF | Gestão de Conteúdo: CCS | Tecnologia Open-Source
emergencia193