PESQUISAR

Notícias Operacionais 0

 

Visando o aperfeiçoamento dos atendimentos que envolvem incêndios estruturais, bombeiros militares e comunitários do 4º Batalhão de Bombeiros Militar (4ºBBM), com sede em Criciúma, participaram durante os meses de maio e junho de treinamentos, envolvendo teoria e prática, no Centro de Treinamento de Laguna.

 

0806 Criciúma

 

Conforme o chefe do Setor de Instrução e Ensino do 4º BBM, subtenente Cleiton de Bem Albino, durante as aulas teóricas foram apresentadas todas as fases de desenvolvimento das chamas durante um incêndio. “O principal ponto foi aperfeiçoar as técnicas de combate e gerenciamento dos riscos envolvidos neste tipo de ocorrência”, declarou.

Os treinamentos ocorreram por adesão voluntária e os 110 participantes foram divididos em grupos para atender as regras sanitárias. As instruções para ocorrências de todas as naturezas fazem parte do dia a dia dos militares e comunitários lotados no 4º BBM. “Nosso intuito sempre será a excelência no atendimento à comunidade e a diminuição no tempo resposta de uma emergência”, ressaltou o comandante do 4º BBM, major Luiz Felipe Lemos.

O Centro de Treinamento de Laguna é referência em Santa Catarina quando se trata de incêndio em locais confinados, sendo utilizado pelos Cursos de Formação de Bombeiros Militares. O corpo docente conta com a participação de instrutores com experiência nacional e internacional, o qual destacamos o 1º tenente Henrique José Schuelter Nunes, do 8º Batalhão de Bombeiros Militar.

 

Créditos:
Texto: Manuela Silva
Imagens: Divulgação B5 do 4ºBBM
Assessoria de Imprensa CBMSC: (48) 9 8843-4427
Centro de Comunicação Social
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina

 

0806 Itajaí


Finalizou-se o Curso de Busca e Resgate em Inundações e Enxurradas (CBRIE), ministrado pelo 8º Batalhão de Bombeiros Militar, em Tubarão/SC. As instruções tiveram início no dia 17 de maio e a formatura ocorreu na última sexta-feira, 28.

O curso teve como finalidade capacitar os bombeiros para a prática de atividades de busca e resgate em inundações e enxurradas, as instruções ocorrem em alguns pontos do Rio Tubarão, onde há presença de correntezas e características típicas desse tipo de evento adverso.

Nesta última etapa os alunos foram para Santo Amaro da Imperatriz e enfrentaram um "refluxo", chamado também de máquina de afogamento. O refluxo se trata de um sistema formado por uma queda d'água o qual pode prender uma pessoa a levando para o fundo e assim ficando em um ciclo. Este é um grande risco de afogamento em rios, represas e barragens e pode ser formado inclusive em uma enxurrada. O objetivo da instrução foi os alunos conhecerem na prática o conhecimento abordado em sala de aula.

 

0806 Itajaí 3

 

Segundo o tenente Douglas Tomaz Machado, comandante da Força-Tarefa 07 (FT-07) e aluno do CBRIE, o curso foi de grande valia, sendo que os conhecimentos serão repassados para a tropa, favorecendo o atendimento das emergências. O aluno também agradece aos Comandos do 7ºBBM e 8ºBBM e aos instrutores pela oportunidade.

 

0806 Itajaí 2

 

O soldado Thales Felippe Fernandes da Silva, integrante da FT-07 em Itajaí e aluno do CBRIE, elogia o conhecimento e didática dos instrutores, além da logística do 8ºBBM, Tubarão, em relação a alimentação e estrutura para a realização do curso. Também ficou impressionado e satisfeito com as técnicas ensinadas, que serão de grande valor para realizar seu trabalho frente a FT-07 quando no acionamento de eventos adversos que porventura ocorrerem.

 

0806 Itajaí 1

 

Ao término do dia, os alunos receberam o batismo e os breves do curso.

 

Créditos:
Texto: Julia de Oliveira
Imagens: B5 do 7ºBBM
Assessoria de Imprensa CBMSC: (48) 9 8843-4427
Centro de Comunicação Social
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina

 

No dia 26 de maio, o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) promoveu um importante simulado de acidente veicular na cidade de Garuva. A ação chama atenção para o movimento maio amarelo. A proposta da ação foi chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo.

O objetivo do movimento é realizar uma ação coordenada entre o poder público e a sociedade civil. A intenção é colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada para efetivamente discutir o tema, engajar-se em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que a questão do trânsito exige, nas mais diferentes esferas.

 

A ocorrência simulada e o cenário escolhido


O simulado aconteceu em frente a Prefeitura Municipal de Garuva, e teve a principal finalidade de demonstrar os danos físicos e materiais que ocorrências desse tipo podem ocasionar.

 

0806 Garuva

 

O cenário simulou um acidente envolvendo dois automóveis com vítimas potencialmente instáveis sendo uma presa em ferragens e outra não. Na apresentação foi possível demonstrar toda a rotina de resgate preconizada no protocolo de resposta operacional de resgate veicular no CBMSC, passando pelas seguintes etapas:

  • estabelecimento do comando;
  • dimensionamento da cena;
  • gerenciamento dos riscos, estabilização veicular;
  • acesso ao veículo;
  • inspeção interna de segurança;
  • avaliação primária, reunião tripartida;
  • desencarceramento;
  • extração;
  • avaliação secundária; e,
  • transporte e transferência do paciente.

 

0806 Garuva 1

 

Desta forma, os bombeiros de Garuva conseguiram permitir a visualização dos cidadãos sobre as técnicas e equipamentos utilizados durante uma ocorrência de acidente de trânsito.
O CBMSC de Garuva agradece a presença da população garuvense que prestigiou o simulado e sente satisfação em realizar um evento que através da demonstração de técnicas de resgate contribui para a conscientização sobre o tema segurança no trânsito.

 

0806 Garuva 2

 

Para acessar mais fotos da simulação de acidente veicular clique no link abaixo: https://drive.google.com/drive/folders/184iUlKfQl13PBAZF2LD2hhB6syGs9gGy?usp =sharing

 

Créditos:
Texto: Soldado Marcus Vinicius Ceschini Santos
Imagens: BC Aline Odete da Silva e BC Morgana Noeli Marconcini
Assessoria de Imprensa CBMSC: (48) 9 8843-4427
Centro de Comunicação Social
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina

Na manhã desta quarta-feira, 02, um menino de 02 anos foi encontrado pelas equipes do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) em São Bento do Sul e Campo Alegre, além de dois binômios (bombeiro militar + cão de busca). A criança estava desaparecida desde a tarde desta terça, 01.

0206 Criança 03

 

O CBMSC foi acionado perto das 18h50min da terça-feira, para iniciar as buscas por um menino que estava aos cuidados da avó e desapareceu por volta das 17h30min, no município de Campo Alegre. A equipe local iniciou a investigação preliminar dos fatos, acionando também o serviço de busca, resgate e salvamento com cães, em que os binômios formados pelo capitão Clemente Michels e o cão Chewbacca, de Canoinhas, além do soldado David Canever e a cadela Léia, de Porto União. As buscas começaram pelo entorno da propriedade, além das casas de vizinhos e a equipe de São Bento do Sul reforçou a operação, para aumentar a área de procura.

0206 Criança

A operação aconteceu durante toda a noite e madrugada, até que por volta das 6h30min a criança foi encontrada de bruços, em total silêncio, porém muito assustado, em uma área de reflorestamento aos fundos da residência, com frio. Os militares agasalharam o menino e levaram ele no colo até os braços da mãe. Após a higiene e alimentação, mãe e filho foram conduzidos ao Hospital São Luiz, em Campo Alegre.

0206 Criança 02

Os militares trabalharam nesta ocorrência por mais de doze horas e contaram com apoio das Polícias Civil e Militar da região.

“Nós destacamos a importância de os familiares acionarem o Corpo de Bombeiros Militar o mais rápido possível, nestes casos. A agilidade no acionamento contribuiu para o desfecho positivo desta ocorrência. Era uma criança com poucos anos de vida, perdida em um local em que a temperatura cai muito durante a noite, o que poderia ocasionar uma hipotermia. Foi muita satisfação entregarmos essa criança bem para a mãe”, comenta o tenente João Ricardo Prochmann, que responde pelo comando do quartel de São Bento do Sul.

Créditos:
Texto: Melina Cauduro
Imagens: Divulgação CBMSC
Assessoria de Imprensa CBMSC: (48) 9 8843-4427
Centro de Comunicação Social
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina


Segundo a Defesa Civil de Santa Catarina, um tornado foi registrado na cidade de Campos Novos no final do dia 28, começo do 29 de maio de 2021. O Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) foi acionado para ocorrências de destelhamento e cortes de árvores caídas em vias públicas, casas e veículos.

 

0106 Campos Novos

 

No dia 28, por volta das 23h30, a Central de Operações do Corpo de Bombeiros (COBOM) começou a receber chamadas em decorrência de fortes chuvas e ventos na cidade de Campos Novos. A guarnição do Quartel de Campos Novos se organizou dividindo-se em grupos, para atender toda as demandas que chegavam. Durante a madrugada foram distribuídos 62 pedaços (1700m²) de lonas para a população e realizado cortes de árvores para desobstrução de vias.Ainda na madrugada, o CBMSC recebeu apoio da Prefeitura Municipal, a qual conseguiu 3 rolos de lona para deixar a disposição da comunidade. A guarnição de Campos Novos, composta por 11 bombeiros (entre militares, bombeiros civis profissionais e bombeiros comunitários), trabalhou durante toda a madrugada prestando auxílio para a comunidade.

 

0106 Campos Novos 1

 

No dia 29, a guarnição continuou prestando auxílio na oferta de lonas (40 pedaços de lona distribuídos, 1500m²) e realização de cortes de árvores. No dia 29, participaram 9 bombeiros (entre militares, bombeiros civis profissionais e bombeiros comunitários). Ao todo foram 15 ocorrências (com relação ao tornado) geradas no sistema do CBMSC entre os dias 28 e 29.

 

0106 Campos Novos 2

 

A Prefeitura Municipal de Campos Novos criou um Comitê de Crise, reunindo ao longo do dia 29 diversas instituições (CBMSC, PMSC, Defesa Civil municipal e estadual, SAMAE, setores da Prefeitura Municipal) para levantamento das informações e elaboração de planos para atendimento a comunidade.

 

1606 Fonte Rádio Cultura 4(Fonte: Rádio Cultura)

 

No dia 30, o CBMSC de Campos Novos organizou as doações recebidas pela Campanha do Agasalho da instituição e Campanha Cobertor Solidário da Rede Laço de Voluntariado com apoio do CBMSC. Todo o material arrecadado foi entregue a Secretaria de Assistência Social do Município de Campos Novos. A entrega das doações, que estavam prevista para serem entregues na metade do mês de junho, foram antecipadas em decorrência do desastre natural que assolou o município, com mais de 330 edificações danificadas. Ao todo foram doados 23 cobertores, 1 colchão e mais de 600 quilogramas em roupas (masculinas, femininas, infantis, calçados).

 

0106 Campos Novos 4

 

0106 Campos Novos 5

 

Créditos:
Texto: 1º Tenente Francisco Clemente Scharf Filho
Imagens: Divulgação do B5 do 2ºBBM e Rádio Cultura
Assessoria de Imprensa CBMSC: (48) 9 8843-4427
Centro de Comunicação Social
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina

Com a finalidade capacitar os 14 bombeiros militares para a prática de atividades, deu-se início ao Curso de Busca e Resgate em Inundações e Enxurradas. As instruções iniciaram dia 17 de maio e finalizaram no último dia 28, com carga horária de 105 horas/aula.

 

 0106 8BBM

 

Os treinamentos ocorreram em alguns pontos do Rio Tubarão, onde há presença de correntezas e características típicas das encontradas em enchentes e inundações. A parte prática das instruções contaram com avaliações simulando diversos tipos de ocorrências.

 

 0106 8BBM 1

 

Como trabalho final, foi programado uma série de situações simuladas como: vítima de uma comunidade ilhada, vítimas sobre um veículo ilhado, vítimas arrastadas pela correnteza, e, por fim, uma situação de ocorrência em ambiente noturno.

 

 0106 8BBM 2

 

Para o segundo semestre está previsto um CBRIE para a 2ª e 3ª Região Bombeiro Militar.

 

0106 8BBM 3

 

Créditos:
Texto: Soldado Alesanco Neves de Farias
Imagens: Soldado Alesanco Neves de Farias
Assessoria de Imprensa CBMSC: (48) 9 8843-4427
Centro de Comunicação Social
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina


O Batalhão de Operações Aéreas (BOA), em parceria com o Grupo de Resposta Aérea de Urgência (GRAU) tem enorme satisfação em participar e partilhar esta linda, árdua e comovente história.

 

0106 boa

 

No dia 22 de março de 2021, às 16:18h, nasceu o pequeno Bernardo com 38 centímetros de comprimento e pesando 1,480 quilos. Exatamente com 32 semanas e 6 dias de gestação o bebê nasceu apresentando problemas cardíacos e precisava ser submetido a procedimento cirúrgico para correção de seu pequeno coração. Entretanto, para isso, ele precisava chegar aos seus 2,500 quilos de peso. Depois de um mês lutando para sobreviver na UTI, Bernardo finalmente alcançou o peso necessário e foi encaminhada para a primeira cirurgia no dia 6 de maio de 2021, em Joinville.

 

0106 boa 5

 

No dia 22 de maio, completando dois meses de vida, ele foi transferido, pela equipe do avião Arcanjo-02, para o Hospital Infantil em Florianópolis.

 

0106 boa 3

 

A mãe de Bernardo, Joice Elaine de Souza, agradeceu a equipe e destacou: “E estamos muitos chiques, voltamos de avião. A equipe de Operações Aéreas do Corpo de Bombeiros Militar e SAMU deu o seu melhor para que você chegasse bem ao hospital. Uma equipe que trabalha com muito amor a sua profissão. Com certeza fez toda a diferença na nossa história”, destacou ela.

 

0106 boa 4



Essa linda história está se tornando um livro, escrito pela mãe do bebê, que conta toda a rotina e trajetória da família na jornada de recuperação. “Já chegamos na metade do nosso caminho. Agora é só se recuperar e logo iremos para casa e ganhar peso pra fazer a próxima cirurgia, a qual é a principal. Temos muito chão ainda pela frente, mas fé em Deus que vai dar tudo certo’’. Essas são pequenos trechos os quais serão trazidos no livro escrito pela mãe do Bernardo.

 

0106 boa 1

 

Créditos:
Texto: 3º Sargento Ricardo Bitencourt
Imagens: 3º Sargento Ricardo Bitencourt
Assessoria de Imprensa CBMSC: (48) 9 8843-4427
Centro de Comunicação Social
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina


Nesta última quinta-feira, 28, a equipe da Força-Tarefa 6 (FT-06), com sede em Chapecó, participou de mais um treinamento mensal para aperfeiçoamento de técnicas e recepção dos novos membros após atualização do efetivo.

 

3105 06

 

O treinamento teve como foco técnicas de resgate no campo de Salvamento em Altura e foi realizado em uma pedreira na área rural do município de Pinhalzinho, sede da 2ª/6ºBBM. Com efetivo representando todas as Companhias do 6º Batalhão de Bombeiros Militar, o conhecimento abordado e que será replicado em todas as OBMs consistiu nas técnicas de resgate para “resgate com maca em tirolesa” e “resgate com sistema de movimentação Octopus”.

 

3105 06 1

 

Em uma das técnicas foi abordada a montagem de estabelecimento, ancoragem e tirolesa, que permite o acesso a vítimas em áreas com declive acidentado ou mesmo abaixo de encostas, assim como a sua estabilização e remoção até o atendimento pré-hospitalar de forma segura e eficiente. Já na segunda técnica aplicada, o sistema montado Octopus permite a movimentação vertical e horizontal do resgatista sobre uma grande área, dando autonomia para o resgate de vítimas e acesso dinâmico com controle total da sua movimentação em altura.

 

3105 06 2

 

Esteve presente o coordenador da Força-Tarefa Estadual, tenente-coronel Walter Parizotto, que apoiou a atividade e orientou os novos membros da equipe para que continuem buscando o aprimoramento técnico e logístico da FT – 06 .

 

3105 06 3

 

O treinamento rotineiro das equipes especializadas permite a atuação técnica e eficiente em situações que fogem às ocorrências rotineiras das guarnições do CBMSC, como foi o ocorrido com a FT-01 em atendimento a uma ocorrência de Busca e Resgate em Estruturas Colapsadas nesta semana na cidade de Florianópolis.

 

Créditos:
Texto: Cabo Felipe Santiago Amaro Correa
Imagens: Divulgação B5 do 6ºBBM
Assessoria de Imprensa CBMSC: (48) 9 8843-4427
Centro de Comunicação Social
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina

  

Na última terça-feira, 25, a Força-Tarefa 01 foi acionada em Florianópolis para atendimento de uma ocorrência de desabamento de um prédio residencial de dois andares, com quatro apartamentos.

 

2705 FT 01

 

O Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) foi acionado por volta das 8h30min da manhã, em Florianópolis, em que as equipes de Canasvieiras, do Grupamento de Busca e Salvamento, aeronave Arcanjo 01 e o Comandante de Área foram empenhados, já que o solicitante falou de uma possível explosão de gás GLP (gás de cozinha).

 

2705 FT 01 1

 

Ao entender a proporção da situação, o Comandante de Área, Tenente Guilherme Cesário, acionou a equipe da Força-Tarefa 01, por se tratar de busca e resgate em estrutura colapsada (BREC), exigindo ferramentas, técnicas e equipe de atuação em evento extremo.

 A residência com dois andares desabou, exigindo também que as duas residências próximas fossem desocupadas e o local foi totalmente isolado. Cinco minutos antes do evento ocorrer, uma mulher de 56 anos, havia sido contatada pela irmã por telefone, o que aumentava os indícios de ter alguém embaixo dos escombros.

 

2705 FT 01 2

Além da Força-Tarefa 01, também foi solicitado suporte do binômio (bombeiro militar + cão de busca), formado pelo cabo Willian Valdeley e Marley, do 10º Batalhão de Bombeiros Militar, em São José. Para atuar nesta situação é preciso que a dupla tenha sido aprovada na prova de busca urbana, certificação que eles possuem.

 

2705 FT 01 4

 

A FT 01 trabalhou com as técnicas de BREC, com ferramentas específicas, além da utilização da miniescavadeira do CBMSC, além de uma retroescavadeira da Prefeitura de Florianópolis. Foram mais de 14 horas de trabalho, preconizando a segurança das equipes e atuando com a possibilidade de a vítima estar viva. Porém, por volta das 22h30min, as equipes encontraram a mulher sem vida, embaixo dos escombros.

 

2705 FT 01 5

 

Foram empenhados nesta ocorrência, ao longo do dia, cerca de 40 bombeiros – militares e comunitários, uma equipe de Força-Tarefa (FT 01), aeronave Arcanjo 01, um binômio (bombeiro militar + cão de busca).

 

2705 FT 01 6

 

O local foi isolado, para que a perícia fosse iniciada na manhã posterior ao ocorrido. O laudo com as causas da ocorrência sairá em até 30 dias.

 

Treinamentos constantes

É rotina das Forças-Tarefa do CBMSC o treinamento constante, com o objetivo de manter a equipe sempre preparada para atuar nas mais diversas ocorrências, principalmente aquelas que não acontecem comumente.

 

2705 FT treinamento 1

 

Na última semana, na quinta-feira, 20, a FT 01 realizou um treinamento de BREC, em que foram repassados todos os procedimentos e protocolos envolvidos neste tipo de ocorrência, tais como: busca por vítimas - que visa identificar se há vítimas conscientes e a possível localização delas; procedimentos e funções dos membros da equipe - comando, segurança e resgatistas; rotinas de segurança; escoramento - que é a estabilização da estrutura para evitar que esta colapse sobre os envolvidos: resgatistas, socorristas, cão; utilização de ferramentas e técnicas para remoção de escombros.

 

2705 FT treinamento

 

Estes treinamentos visam também a integração das equipes para um atendimento mais ágil e seguro, seguindo os protocolos. E menos de uma semana depois, a ocorrência real colocou em prática aquilo que foi estudado e simulado, comprovando a necessidade de constantes atualizações.

Créditos:
Texto: B5 da FT-01
Imagens: Soldado Jackson Jacques
Assessoria de Imprensa CBMSC: (48) 9 8843-4427
Centro de Comunicação Social
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina

 

A convite do 14º Batalhão de Bombeiros Militar (14ºBBM), a Diretoria de Segurança e Combate a Incêndio e Pânico, através do Diretor coronel Hilton de Souza Zeferino, realizou uma palestra sobre a atualização do novo sistema, o e-SCI para o público Interno do batalhão.

 

2705 Xanxerê

 

A palestra foi realizada no último dia 25 no auditório do Centro de Referência de Desastres Urbanos (CRDU) de Xanxerê-SC e contou com a participação dos bombeiros militares analistas e vistoriadores de todas as Organizações Bombeiro Militar do 14ºBBM.

 

2705 Xanxerê 1

 

A palestra ministrada pelo coronel Hilton foi de grande importância para as ações coordenadas das Seções de Combate a Incêndio e Pânico locais com a DSCI. Outro ponto relevante foi a ampla abordagem dada aos questionamentos referentes ao novo sistema, reitera o major Marcos Antônio Eidt, Comandante Interino do 14ºBBM.

 

2705 Xanxerê 2

 

As ações de atualização de nossos bombeiros, capacita para os processos de fiscalização e regularização das edificações, dando celeridade aos trâmites e mais segurança à sociedade.

 

Créditos:
Texto: Cabo Leonardo Prudêncio
Imagens: 2º Tenente Miguel Moraes Gomes
Assessoria de Imprensa CBMSC: (48) 9 8843-4427
Centro de Comunicação Social
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina

emergencia193
QUARTEL DO COMANDO-GERAL
Rua Almirante Lamego, 381, Centro, Florianópolis - SC | CEP: 88015-600

Desenvolvimento: DiTI-DLF | Gestão de Conteúdo: CCS | Tecnologia Open-Source
emergencia193