PESQUISAR

Notícias Operacionais 0

 

No último dia 6 de setembro, as equipes de plantão do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC), com sede em Palhoça, foram acionadas para atender um incêndio em uma residência multifamiliar no bairro São Sebastião.

 

1409 Incêndio

 

Na chegada ao local, foi confirmado que havia um incêndio em um apartamento do segundo pavimento. No local, já havia populares tentando controlar as chamas. A equipe de plantão conseguiu localizar o foco inicial do incêndio no cômodo mais distante da entrada principal, um quarto contendo duas camas e uma cômoda com algumas roupas que já haviam sido consumidas pelas chamas.

 

1409 Incêndio 1

 

Após a extinção do fogo, por haver fumaça por todo o apartamento, foi utilizado um ventilador, equipamento importante do caminhão dos bombeiros (ABTR-43), capaz de gerar um jato de ar muito concentrado formando o que chamamos de ventilação positiva. Em seguida, foi realizado o rescaldo do local que é a conferência de que não há mais nenhuma chama capaz de reiniciar o incêndio.

 

1409 Incêndio 2

 

Por sorte não houve vítimas!

 

1409 Incêndio 3

 

Para esta ocorrência foram deslocados as viaturas:
Caminhão de combate a incêndios (ABR-43)
Ambulância (ASU-277)
Auto resgate (AR-133)

 

Créditos:
Texto: Cabo Jeferson da Silva
Imagens: Divulgação CBMSC/Palhoça
Assessoria de Imprensa CBMSC: (48) 98843-4427
Centro de Comunicação Social
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina

 
Na última semana, a equipe de plantão do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) atendeu uma ocorrência de corte de árvore em Biguaçu.

 

 1409 Biguaçú

 

Uma árvore de grande porte estava prestes a tombar em cima da fiação elétrica colocando pessoas e bens em situação de risco. A equipe de plantão do caminhão de resgate ( ABTR-77) permaneceu por toda a tarde no local e realizou a remoção da árvore.

 

 1409 Biguaçú 1

 

Em casos como esse, o CBMSC orienta que, por segurança, os moradores entrem em contato através do número 193 e aguardem a ajuda de profissionais capacitados para remoção de árvores e atendimento de vítimas.

 

1409 Biguaçú 2 

 

Créditos:
Texto: 3º Sargento Wagner Marcos Figueiredo
Imagens: Divulgação CBMSC/Biguaçú
Assessoria de Imprensa CBMSC: (48) 98843-4427
Centro de Comunicação Social
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina


Iniciou no dia 8 de setembro, um curso ministrado pela PRF na Universidade Corporativa da Polícia Rodoviária Federal, situada na SC-401 na Vargem Grande, aos promotores de justiça. O Batalhão de São José acompanhou as atividades diárias e realizou prevenção com a ambulância, ASU-439, e três bombeiros.

 

1409 São José

 

O Curso de Técnicas de Auto Proteção (CTAP) é composto de instruções de armamento e tiro e condução de veículos em situações especiais. Durante o curso, os 25 participantes puderam aprender técnicas que auxiliarão a mitigar os riscos da profissão. A prevenção é um critério normativo da PRF para a realização do curso que foi até o dia 9, última quinta-feira.

 

1409 São José 2

 

Créditos:
Texto: 1º Tenente Luiz Gustavo Bonatelli
Imagens: Divulgação CBMSC/São José
Assessoria de Imprensa CBMSC: (48) 98843-4427
Centro de Comunicação Social
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina

 

No dia 5 de setembro, domingo, no período da tarde, aconteceu um grave acidente na rodovia Paulo Evadio Broering, geral da Praia da Pinheira. O acidente envolvendo uma moto e um veículo de passeio, resultou em 3 vítimas, sendo dois ocupantes da moto, condutor com traumatismo cranioencefálico (TCE) grave, carona da moto com trauma leve e a outra vítima a condutora do veículo apenas com escoriações.

 

1309 Palhoça

 

A ocorrência contou com o apoio do Batalhão de Aviação da Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC), através do Águia 02, Alpha 04 do SAMU e a PMSC de Palhoça.

Todas as vítimas foram atendidas e encaminhadas para os hospitais da região.

 

1309 Palhoça 1

 
O Corpo Bombeiros Militar de Santa Catarina chama atenção dos condutores para que dirijam com cuidado e respeitem as leis de trânsito.

 

Créditos:
Texto: Cabo Jeferson da Silva
Imagens: Divulgação CBMSC/Palhoça
Assessoria de Imprensa CBMSC: (48) 98843-4427
Centro de Comunicação Social
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina

 

Na tarde do último dia 2, às equipes de plantão do 14º batalhão do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) foram acionadas para atendimento de ocorrência de incêndio no município de Xaxim. Ao confirmar a natureza do sinistro e a proporção, efetivo de outros quartéis e dos batalhões da 3ª Região de Bombeiros Militar passou a ser mobilizado.

 

1010 Xaxim

 

O combate às chamas levou 19 horas, mantendo-se ainda intervenções por parte das equipes por outras 24h nas atividades de rescaldo e monitoramento de pontos de reignição de acesso dificultoso.
Mais de 1 milhão de litros d'água foram gastos na operação para controlar as chamas. No total, 70 bombeiros entre militares e comunitários atuaram em revezamento no combate ao fogo.

 

1010 Xaxim 1

 

O incêndio consumiu praticamente toda uma área edificada de um dos três blocos do parque fabril, totalizando aproximadamente 13 mil metros quadrados de área sinistrada da indústria de embalagens e outros produtos. No total, a empresa possui edificações em área superior a 50 mil metros quadrados. Havia muita matéria prima e produtos acabados dentro da estrutura sinistrada. A matéria prima era basicamente polipropileno, material de fácil combustão que resultou num incêndio de grandes proporções e de difícil combate.

 

1010 Xaxim 2

 

De toda a área edificada foi possível preservar parte da estrutura do setor administrativo da empresa e proteger um tanque instalado nas adjacências da edificação contendo 15 mil litros de solvente. Além disso, atenção redobrada foi dispensada para proteção e resfriamento de empresas vizinhas, os outros blocos e estrutura da própria empresa sinistrada, bem como diversos veículos que foram retirados das proximidades da edificação em chamas.

 

1010 Xaxim 3

 

No início do incêndio, cerca de 250 pessoas estavam no interior da fábrica e foram rapidamente evacuadas, de tal forma que somente 7 pessoas necessitaram de algum tipo de atendimento médico (2 atendidas e conduzidas pelo CBMSC com queimaduras e outras 5 pessoas deslocadas ao hospital por outros meios com intoxicação leve).

Seguem em ato contínuo os trabalhos de perícia, cujos desdobramentos estão em andamento.

 

Créditos:
Texto: B5 do 14º BBM
Imagens: B5 14ºBBM e Abner Ramos Photography
Assessoria de Imprensa CBMSC: (48) 98843-4427
Centro de Comunicação Social
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina


Equipes de Balneário Camboriú concluíram no dia 1º de setembro, o Curso de Combate a Incêndio em Edificações Verticalizadas (CCIEV) no 13° BBM - Balneário Camboriú.

 

1010 Balneário

 

Na ocasião, foram entregues os Certificados e foi proferido agradecimento para todos que fizeram o curso acontecer. Agradecimento estendido também aos alunos do curso que, na busca por melhorias constantes, levam consigo a semente do aprendizado, repassando para suas equipes e colocando em prática nas ocorrências do dia a dia.

 

1010 Balneário 1

 

A primeira parte do curso foi realizada no Centro de Referência e Inovação em Combate a Incêndios em Laguna, sendo finalizado em Balneário Camboriú.

 

1010 Balneário 2

 

No total, 24 militares de todo estado catarinense participaram do curso, que abrangeu instruções teóricas e práticas sobre sistemas preventivos, equipamentos e técnicas de combate a incêndio, entre outros.

“Os treinamentos são realizados para o aperfeiçoamento daquilo que já fazemos bem.”

 

Créditos:
Texto: Soldado Maira de Lima
Imagens: Divulgação CBMSC/Balneário Camboriú
Assessoria de Imprensa CBMSC: (48) 98843-4427
Centro de Comunicação Social
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina

Em Laguna, 24 alunos puderam observar de perto as etapas do desenvolvimento completo do incêndio na oficina de flashover, realizar treino de progressão com baixa visibilidade e ataque às chamas.

 

1010 laguna

 

De acordo com os instrutores da disciplina, a forma como ocorre o incêndio está em constante mudança e a corporação precisa estar preparada, atualizada e equipada para realizar um combate eficaz.

 

1010 laguna 1

 

Em Balneário Camboriú, foi realizada uma visita com parte da turma a um prédio de 81 andares. Ainda, foram feitas oficinas de pressurização do sistema hidráulico preventivo com montagem de estabelecimento, de resgate de vítima e de busca às cegas.

 

1010 laguna 2

 

Na prova final, as equipes sorteadas foram acionadas de surpresa no quartel e se deslocaram para uma ocorrência simulada em um incêndio em prédio multifamiliar, com vítimas em diversos pavimentos, colocando em prática todo conhecimento adquirido ao longo do curso.

 

1010 Laguna 3

 

Créditos:
Texto: Soldado Julia de Oliveira Luz
Imagens: Divulgação CBMSC/Laguna
Assessoria de Imprensa CBMSC: (48) 98843-4427
Centro de Comunicação Social
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina


No dia 2 de setembro, quinta-feira, a equipe de plantão do Auto Resgate 87 (AR-87), composta pelo sargento Godinho e pelo soldado Matheus, deslocou até a comunidade do Rio do Tigre, localizada no Município de Rio Rufino, para realizar o resgate de um cachorro da raça urrador. Segundo informações o animal desapareceu no final da tarde do dia 1º e só na manhã do resgate se descobriu que estava no meio de uma ribanceira. No início da tarde, então, foi solicitado auxílio da equipe de plantão para resgatar o cachorro. Ao chegar no local, constatou-se a informação repassada pelo solicitante.

 

1010 urubici

 

A equipe de plantão, então, subiu até o topo do morro a fim de fazer rapel para resgatar o animal. O local era de difícil acesso em virtude do terreno irregular, da inclinação da subida e da mata fechada, sendo necessário abrir acesso na mata com o auxílio de um facão. Foram necessários cerca de 40 minutos para realizar o deslocamento desde a viatura até o local da ancoragem.

 

1010 urubici 1

 

Em cima do morro, foi montado o sistema de ancoragem, utilizando-se cadeirinha de salvamento, mosquetão e freio oito no resgatista, além de ancoragem "backup", para descer a ribanceira de aproximadamente 100 metros de altura e resgatar o animal. Realizado o rapel, encontrou-se o cachorro, que estava a uma altura de aproximadamente 50 metros, sem grandes ferimentos e sem oferecer resistência, descendo em segurança até o solo juntamente com o resgatista. Por fim, destaca-se que a propriedade ficava cerca de 30 km de distância do Grupo Bombeiro Militar de Urubici e a operação durou aproximadamente 3 horas e meia.

 

1010 urubici 2

 

Créditos:
Texto: Soldado Lucas Marcos Lima
Imagens: Divulgação CBMSC/Urubici
Assessoria de Imprensa CBMSC: (48) 98843-4427
Centro de Comunicação Social
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina


No período de 30 de agosto a 2 de setembro, em continuidade ao programa de educação continuada que vem sendo realizado para os bombeiros militares e bombeiros comunitários da 1ª companhia do 10º Batalhão de Bombeiros Militar (10ºBBM), contamos com a colaboração da professora e psicopedagoga Maite Vargas, da Praticare Psicopedagogia Clínica e Institucional, e do senhor José Vilela Sobreira Sobrinho, voluntário do Centro de Valorização da Vida (CVV).

 

0909 São José

 

Durante a atividade foram abordadas as temáticas empatia, comunicação não-violenta, inteligência emocional e prevenção ao suicídio.
O objetivo da capacitação é ampliar a visão dos profissionais, promovendo, desta forma, uma reflexão sobre as possibilidades de melhoramento das relações humanas, em qualquer ambiente que o ser esteja inserido, bem como independente do contexto das situações às quais estejam envolvidos. Além disto, esta é a primeira etapa de uma capacitação mais ampla, sobre abordagem ao tentante, que terá continuidade no final do mês de setembro de 2021.

 

0909 São José 1

 

0909 São José 2

 

Créditos:
Texto: 1º Tenente Luiz Gustavo Bonatelli
Imagens: Divulgação CBMSC/São José
Assessoria de Imprensa CBMSC: (48) 98843-4427
Centro de Comunicação Social
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina

 

Nesta semana, o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) iniciou um novo ciclo de instrução continuada. Desta vez será a Instrução e Manutenção em Produtos Perigosos (IMPP).

Para incentivar os bombeiros a se entrosar com a instrução, o 7º Batalhão de Bombeiros Militar está promovendo o Curso de Manutenção em Produtos Perigosos para as equipes de plantão na sede do batalhão em Itajaí.
Segundo o professor especialista em IMPP, Major Fernando Ireno Vieira, emergências envolvendo produtos perigosos são complexas e envolvem alto risco aos envolvidos e principalmente às equipes que irão realizar o primeiro atendimento.

Para as atividades de IMPP, as aulas estão acontecendo à distância, o que oportuniza a realização de forma ampla em todo o estado e causa menos transtornos aos bombeiros que não terão que se deslocar até um centro de ensino fora de suas cidades.

 

0209 Produtos Perigosos

 

Para o tenente-coronel Fabiano Bastos das Neves, Comandante do 7º Batalhão, a região tem muitas rotas de veículos que trafegam diariamente com produtos perigosos. “Diariamente convivemos com os Produtos Perigosos em nosso trabalho e no conforto do lar, como o gás de cozinha, por exemplo. Por essa razão é rotineiro o atendimento de ocorrências desse tipo pelo CBMSC em Itajaí e região” - afirma.

Esse tipo de instrução é fundamental para manter e atualizar o conhecimento de toda a corporação, assim tornando mais eficiente o atendimento dessas emergências e promovendo maior segurança às equipes.

 

Créditos:
Texto: Julia de Oliveira
Imagens: Divulgação CBMSC/Itajaí
Assessoria de Imprensa CBMSC: (48) 98843-4427
Centro de Comunicação Social
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina

emergencia193
QUARTEL DO COMANDO-GERAL
Rua Almirante Lamego, 381, Centro, Florianópolis - SC | CEP: 88015-600

Desenvolvimento: DiTI-DLF | Gestão de Conteúdo: CCS | Tecnologia Open-Source
emergencia193